quinta-feira, 26 de abril de 2012

Poema do tempo reencontrado

     Um bate-papo no MSN pode render um bom poema, dependendo da fonte de inspiração. Desta vez - ou mais uma vez - foi a Denise, com sua alegria e entusiasmo pelo sentimento de novas e iminentes realizações. Isso deve ser contagioso...
Perséfone (Internet)
Há mundos, poetisa minha,
Que existem intocados
Mas só por nós visitados.
Neblinas.

Mundos que estão escondidos,
Feitos de espaços perdidos,
Pó de tempos esquecidos.
Sombras.

São lembranças esmaecidas,
Memórias mal revividas,
Fotos amarelecidas.
Saudades.

São céus verdes como mares,
Nuvens azuis pelos ares,
Frutos brancos nos pomares.
Loucuras.

Lá onde o tempo se finda
O espaço nasce ainda
Na espera de tua vinda.
Poesias.

Lá eu me deito em teu colo,
Lá eu me planto em teu solo,
Lá eu bebo tua paz.
Sonhos.

Existem lá mil verdades,
Enganos, versos tristonhos,
Neblinas, sombras, saudades,
Loucuras, poesias, sonhos.

E nesse tempo imanente,
Perdido e reencontrado,
Tu viverás teu presente,
Teu futuro e teu passado.

Niterói, abril de 2012
Rodolfo Barcellos

14 comentários:

  1. Sensacional! Até eu que sou obtuso nesse mundo mágico, fiquei tocado. Parabéns JAIR.

    ResponderExcluir
  2. Ah,maestro dos versos você me encanta!Estou sem o seu novo e-mail espero ok? bjos!

    ResponderExcluir
  3. Não há neblinas, nem sombras, capazes de impedi-lo de desnudar esses mundos intocados, ainda que não os tenha visitado.
    Belíssimos versos, que sua musa inspiradora certamente aplaudirá, como faço agora.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Pois é meu Mago querido, poeta de conversas...rs...o tempo precisa ser reencontrado, pq quando ele se perde ou nos perdemos nele (ou dele), a vida fica comprometida.

    Rosa Montero questiona:
    "Para onde vai o tempo perdido? Pode ser que saltite pelos limbos do que foi perdido, ao lado dos livros não escritos, das palavras não ditas ou dos sentimentos não vividos."

    No teu poema nada está perdido, tudo compreendido e resgatado - e integrado nos três tempos que conhecemos, dois deles que existem, e o que desejamos e criamos no hoje [sonhos]...

    Nas neblinas de minh'alma mora a saudade imensa das loucuras, transitam os sonhos - confesso, são pura poesia!! - e os enganos e tristezas que fiquem nas sombras, lugar do tempo esquecido!

    Um brinde ao tripé que sustenta o mundo: passado, presente e futuro, e um beijo emocionado ao Poeta das conversas, o Bruxo que enfeitiça ao mesmo tempo que rouba-nos o bem-querer pra si!!!!

    LINDO DE VIVER ESSE REENCONTRO!, obrigada por transformar em versos tão lindos este meu viver!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Belíssimos versos, abrindo uma passagem para este mundo mágico onde acessamos os escondidos domínios do tempo...
    E a Denise faz uma citação intrigante de Rosa Montero, sobre as possibilidades que não se concretizaram...
    O que é feito delas?
    Outro enigma do tempo!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Lindo Barcellos!

    Aprendemos a nos controlar um pouco sobre as coisas do tempo, votando, chegando, resgatando... imaginando.... viajando mesmo!!

    Beijos e boa noite!

    ResponderExcluir
  7. Jamais assumirei aqui o meu ciúme de ter perdido o posto de musa-mor deste caminhante da poesia, jamais!

    Devo me curvar à beleza do poema e dizer que sim, conversas com a Denise são toda vida inspiradoras, seja no lirismo do Rodolfo, seja nas minhas prosas maluquetes. Denise é massa! Rodolfo é massa!

    Beijo-os, porque os amo!

    ResponderExcluir
  8. Olá, R.R. Barcellos!
    MSN abençoado!kkkkkkk
    Abçs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  9. Êita drupra supimpa... rss

    Eu diria que ocêis é Phodéx, mas isso sou EU...
    Ocêis é Inspiradô e Inspiratriz.. rss

    Abraços
    Tatto

    ResponderExcluir
  10. Olá Rodolfo,

    Me encanta seus poemas. Não só pelo verso, mas o que mana deles.
    O que vem nates..o durante e o depois.
    Não são versos soltos ao léu. Tem história e muito pouco de estória.
    Fico grata em poder desfrutar do seu talento!

    Um beijo a querida Denise..este encanto de pessoa que aprendo a admirar cada dia mais um pouco.

    Um bj..bom final de semana!!

    ResponderExcluir
  11. Legal demais!
    Eu fico babando por vocês, sei tão pouco de internet, MSN nem entro, sou meio avessa a essas coisas, mas tu "vês inspiração em uma simples conversa e encantas co versos simples e que dizem tanto:
    - "'Existem lá mil verdades,
    Enganos, versos tristonhos
    neblinas, sombras, saudades*
    loucuras, poesias, sonhos!"
    Lindo demais!
    Beijo, e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. Belo alvorecer meu maracujá de gaveta!!!!!
    Sempre me gratifica te ler...tens o dom da escrita...
    bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  13. Belos versos plenos de encantamento.

    Beijos aos dois
    cvb

    ResponderExcluir