terça-feira, 21 de agosto de 2012

Vol de Nuit


     Belíssimo fim de tarde de inverno. Céu sem nuvens, pra brigadeiro nenhum botar defeito.
     Decolei da pista 02R do Santos-Dumont um pouco antes do por do sol, no meu Cessninha canela dura. Ignorei as advertências do Controle de Tráfego Aéreo e sobrevoei a baixa altura a ponte Rio-Niterói, iniciando então uma lenta curva à direita.
     À minha frente, desfilaram ao longe as praias de Niterói. Boa Viagem, Icaraí, São Francisco...
     Resisti à tentação de aproar diretamente para Itaipu e sobrevoar minha casa. Meu destino era outro.
     Continuei a curva, a barra da baía perpassando devagar no para-brisas, da direita para a esquerda. Sobre o horizonte marítimo as primeiras estrelas surgiam, ainda pálidas ao lusco-fusco.
     À direita assomava agora, à distância, o Pão de Açúcar. Ajustei a altitude preparando um novo rasante e aproei para lá.
     Desliguei o rádio VHF, onde o Controle me ameaçava com a anulação do plano de voo e a suspensão de minha licença de piloto. Desliguei antes que ameaçassem acionar os caças da FAB para interceptar e derrubar meu inofensivo teco-teco.
     Passei a poucos metros de um dos bondinhos suspensos. Pude imaginar o susto e o pânico que causei entre os passageiros.
     Mas estava na hora de rumar para o meu verdadeiro alvo - o Cristo Redentor.
     Após um rápido olhar à lagoa Rodrigo de Freitas e ao Hipódromo da Gávea, avancei a manete de potência, exigindo do Lycoming cada cavalo que seus quatro cilindros podiam fornecer; e iniciei uma nova curva para a direita, em subida, até aproar diretamente para o maciço do Corcovado.
     Apesar da claridade ainda forte no horizonte oeste, pude distinguir claramente as luzes vermelhas no topo das imensas torres das antenas de TV e telecomunicações no Sumaré; e à direita delas, a silhueta magnífica da imponente estátua do Redentor.
     Centralizei a silhueta no meu para-brisas e estabilizei o Cessna a 2.200 pés de altitude, reduzindo a potência para manter a velocidade em 70 nós. Enquanto executava a aproximação, liguei o rádio na frequência do MSN, e imediatamente ouvi:

Milene diz:
*QUER VER SE COMETI ATENTADOS NA POSTAGEM DE AGORA? É CURTINHA...
Rodolfo diz:
*Gozado... você falando em atentados e eu com um avião aproado diretamente para o Cristo Redentor...
Milene diz:
*Não faça isso!

     Ela me veio com o sonho de uma cobra no azulejo - não tenho certeza se quem estava sonhando era ela ou era a cobra. Ajudei-a a consertar uma cerca desconjuntada e voltei minha atenção para a pilotagem.
     Bem em tempo. Meu alvo estava próximo, e crescia a cada segundo. Fiz os últimos pequenos ajustes para assegurar um enquadramento perfeito... e apertei o botão.
     Eis o resultado.

Imagem gerada pelo Flight Simulator 2004 da Microsoft, com o cenário add-on Wonderful Rio, através do Paint, com o uso da tecla Print Screen

     Para finalizar: obtida a imagem desejada, retornei e pousei em segurança no Santos-Dumont. E como ninguém me deu voz de prisão, posto aqui esta matéria, para que os amantes dos voos, reais ou simulados, possam apreciá-la.

19 comentários:

  1. Eu acho que vou espalhar por aí que fui a salvadora do Cristo Redentor contra o ataque das bombas poéticas de um certo bruxo aviador. Ninguém saberá mesmo que a intenção era apenas um voo aventureiro, né? Acho que a cobra florida caiu desse seu teco-teco... Será?

    Adorei isso, terrorista mais bacaninha do mundo!

    ResponderExcluir
  2. kkkk.. muito bom!!!
    Se sonhar já é bom, sonhar voando então. Hum. E numa paisagem dessas bem acaompanhado da Milene...kkkk. Tinha que contar p nós mesmo Barcellos, como só vc sabe.

    Bjos!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho este mesmo pacote, com o cenários do Wonderful Rio, e costumava decolar dos Afonsos, passar bem sobre minha casa e depois de uma voltinha pelas praias, pousar em Jacarepaguá!
    Eu lembro de um simulador que você e os garotos criaram num tk-82c, era preciso muita imaginação!
    Hoje, o negócio é um show!
    As paisagens são cada vez melhores!
    E ainda dá ára bater papo com a Milene durante o voo!
    Abraços, amigo!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia meu maracujá de gaveta !!!!!
    Esse é o meu amigo que admiro muito,no vai e vem dos pensamentos,no real do dia a dia,
    assim na terra
    assim nos ares
    assim nos pensamentos
    assim nas travessuras
    assim assim
    é você...
    Do qual tenho um carinho muito grandeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
  5. Limerique

    Rodolfo é profícuo aeronauta
    Que tem poesia na sua pauta
    Voa tanto na palavra
    Como no texto que lavra
    Criatividade nunca lhe falta.

    ResponderExcluir
  6. Voei com você, amigo, e quase esbarro no Cristo Redentor... cheguei até a enxergar as luzes da cidade e as caras de pavor dos passageiros do bondinho...

    Passei a dar espaço após as vírgulas, viu? Melhorou um pouco? E olha que meu neto já havia me falado sobre isto. O problema está lá na infância, a teimosa não quis aprender datilografia com a mãe, professora de vários alunos... agora tem que aprender na marra.

    Obrigada pela dica e pode continuar observando e falando, tá?

    Bjssssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  7. Minha amiga estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
    novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
    Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
    E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
    Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
    também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
    Linda tarde beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  8. Eu sou mesmo uma BIOS dessas modernidades todas...Simulador de voo com direito a fotos? Eu hein?! E ainda tendo como carona nossa Mi_nina? Ah por aqui tudo ROXO, tá?!
    Beijuuss, piloto Bruxo amaaaado, n.a.

    ResponderExcluir

  9. Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
    novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
    Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
    E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
    Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
    também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
    Linda noite beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  10. Rodolfo...terminei a leitura sorrindo!! Que dez!!
    Eu vivo voando... vivo no mundo da lua...que me conhece sabe!! rs

    bjs

    ResponderExcluir
  11. OI RODOLFO!
    ADOREI!
    NOSSA, LEMBREI DAS TORRES E DO CRISTO ALI, DE BRAÇOS ABERTOS SEM PODER FAZER NADA...
    MUITO LEGAL E A FOTO DESLUMBRANTE.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  12. Ei, vc adivinhou que eu andava a escalar esses morros, foi???...rsrs

    Rever o Rio foi uma experiência muito gostosa, junto de minha família - senti apenas não ter revisto os amigos cariocas, pq fomos numa viagem curta que não deu muito espaço para programas pessoais, éramos um petit comitê em busca de horas de alegre exploração carioca.... Copacabana foi o cenário perfeito que nos hospedou esses dias, e os passeios foram deliciosos - sem a magia desse teu vôo, que eu ainda acho, foi uma homenagem à minha passagem por lá...rs

    Bjos, meu querido...na próxima te pago o café, combinado???

    ResponderExcluir
  13. Eu que só estive no Rio duas vezes, a trabalho, e nem conheço a cidade, acompanhei esse voo com o coração apertado, pois tenho medo de viajar de avião (hehehehehe). Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Ohw My God.....

    Ainda bem que MilenA salvou o dia feito uma "menina poderosa", senão sei lá entende!!
    Eu no poder que "pissúo" deveria por merecimento castiga-lo com a apreensão de seu "Brevet"... vicí mininu?


    Porem foi tão real e encantadora a narrativa que me entreguei ao êxtase desse magnífico voo...

    Parabéns meu véi... me surpreendeu meRmo... rss
    Abraços
    Tatto/Xipan

    ResponderExcluir
  15. Nossa!Que imagem!
    Sou suspeita para falar da cidade maravilhosa!
    Me senti nesse voo com voce matando as saudades de minha terra amada.
    Ficou um belíssimo post!Adorei!

    Beijo!


    ResponderExcluir
  16. Muy buena entrada. Gracias por compartir

    ResponderExcluir
  17. Vou lhe dar voz de prisão AGORA! Ai ai ai ai ai que doido!

    Quando começou dizendo "Céu sem nuvens, pra brigadeiro nenhum botar defeito" eu estava comendo chocolate e achando que as pintinhas brancas eram mofo...

    Não se preocupe, eu creio que existem muitos pilotos aloprados que tiram finos diariamente nos monumentos mais expressivos desta Cidade. Não falo somente dos voos turísticos ou dos profissionais em busca de melhores angulos, mas existem pilotos lotados que enchem a cara... quem não sabe?! Logo, doidos são os passageiros que pagam para embarcar cegamente em cruzadas de montanhas ou mares.

    Beijos, ardentes! :)

    ResponderExcluir
  18. Mano, que passeio maravilhoso! Só senti vc não ter me avisado, pois teria pego uma carona quando passou por aqui. Ia adorar tirar um montão de fotos. Fora que passear com meu irmão pilotando iria ser uma aventura e tanto. Na próxima, não se esqueça de mim, tá? Beijos.

    ResponderExcluir