domingo, 28 de setembro de 2014

Para Milene


Para Milene

     Parabéns, ó minha amada,
     Ano novo pra você.
     Rara pétala rosada
     Adornando este buquê.

     Memem, mimada, mimosa,
     Inquieta, porém feliz.
     Linda pétala de rosa,
     Está marcando outro xis
     Nesta data gloriosa,
     Em anos primaveris.


Canção do amor eterno

O tempo do amor passado
É sempre mais que perfeito
Na saudade é conjugado
No lado esquerdo do peito

O modo do amor presente
Será sempre imperativo
Exige mais que consente
Persegue o objetivo

O número do amor futuro
Nunca será singular
Tu e eu seremos, juro,
Sempre em nossa estrada um par

O canto do amor é terno
Num conto de amor se esvai
O encanto do amor eterno
Enquanto a canção não sai...

Niterói, setembro de 2014
Rodolfo Barcellos

6 comentários:

  1. Parabens pra vo-ceeeeee
    Nesta da-ta que-ri-daaaa
    Muiiiitas fe-li-ci-da-des
    Muiiiitos aaaanos deeeee vi-da!

    Viva!

    ResponderExcluir
  2. Olá Barcellos,

    Que doce de homenagem! Lindo acróstico.
    Parabéns à amiga Milene! Que ela seja contemplada com chuvas de bençãos e de alegrias em seu novo ciclo.
    Também adorei a 'Canção do amor eterno'.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Esse carinho imenso que flui de suas palavras é de uma beleza também enorme. Uma homenagem rica, daquelas que se guarda para se ler em vários momentos da vida, pois mostra o quanto alguém é especial. Milene merece e eu desejo que ela viva um ano de inúmeros momentos felizes, sentindo, a cada dia, o afeto que desperta nos amigos, uma qualidade preciosa. Grande beijo para ambos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Rodolfo, como vai?
    Poema mais que merecido da querida Milene, tem um coração de ouro e uma sensibilidade ímpar - você e ela! <3 Um abraço aos dois!

    ResponderExcluir
  5. Obrigada às queridas que me felicitaram aqui, aplaudindo também e principalmente esse mimo lindo que Rodolfo me deu. Confesso, sem nenhuma desfaçatez, que estava sentindo falta desse afago que só ele sabe nos fazer através dos versos.
    Rodolfo é um querido, é meu querido, pra sempre. Conhecê-lo é incrível!

    Beijo, bruxo, irremediável.

    postei aqui o poema:

    https://www.facebook.com/259217134239814/photos/a.259362010891993.1073741828.259217134239814/355041867990673/?type=1&theater

    ResponderExcluir
  6. Bom ver seus poemas novamente!
    Bela homenagem à nossa amiga Milene!
    Abraços, amigo!

    ResponderExcluir