domingo, 1 de julho de 2012

Trovas 91-100

     Tomei a liberdade de incluir nessa coletânea, para comemorar a trova de número 100, uma que me foi gentilmente presenteada pela Milla. E a de número 91 não é, a rigor, uma trova, mas uma quadrinha em metro heroico, publicada em março em comemoração ao Dia da Poesia.
Imagem enviada pela amiga Regina Rozembaum
100- por Milla, em 11/3/12
Cantas o amor plenamente
Com firmeza e doçura.
Há que se cantar, somente,
A felicidade pura!


99- Graça, 29/6/11
Quem erra na empreitada
Aprende a recomeçar;
Erra mais quem não faz nada
Só por medo de errar.


98- Sandra, 18/7/11
A dor dessa tua ausência,
Sendo por tão nobre causa,
Se transforma em bem-querência;
Mas que seja breve a pausa...


97- Zélia, 3/6/11
E quantas vezes na vida
Apagamos os faróis,
Deixando a alma perdida
Naufragar entre os atóis...


96- Rê, 2/6/11
Escreve em teu para-choque
Alguma coisa assim:
"Aqui eu vou a reboque,
Porque Deus guia por mim."


95- Milla, 14/3/12
Eu nunca me arrependo
De vir aqui todo dia
E contigo um preito rendo
Ao Dia da Poesia!


94- Quiosque, 14/3/12
O poeta nunca mente
Mas do engano está às portas,
Pois pra dizer o que sente
Escreve por linhas tortas.


93- Carla, 14/3/12
Da rocha sólida e dura
Dos teus valores morais
Nasce a nuvem leve e pura
Dos teus versos ideais.


92- Isa, 13/3/12
O vento, ao que perguntares,
Não saberá responder;
E fugirá pelos ares
Buscando o próprio prazer.


91- Sete Ramos, 13/3/12
Enquanto o mundo não decide o dia,
Aqui no Sete Ramos se decreta
Que toda noite é noite de Poesia,
E todo dia é dia do Poeta!

Niterói, julho de 2012
Rodolfo Barcellos

20 comentários:

  1. As tuas trovas tão lindas
    Deitadas neste papel
    São sempre resplandescentes
    Feito as estrelas no céu

    Uhuu... Contei os negocinhos, diga aí mestre, prestou?

    Beijo, meu bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai aí uma trova e um sete-sete:

      Tu contaste os negocinhos
      Com minúcia e boniteza;
      Mas não contes meus carinhos
      Infinitos, com certeza!

      Inda não foi inventada
      Na língua dos menestréis
      A palavra encantada
      Que exprima quem tu és.
      O alfabeto, como prêmio,
      Pagará foro e laudêmio
      A quem rojá-la a teus pés!


      Beleza, Mi... beleza!
      Beijos, poetisa linda!

      Excluir
  2. Todas lindas - até a que trova não é - mas encantada fiquei especialmente com a que fez para a Graça...a verdade em versos ficou ainda mais bonita!

    Beijos, meu Mago querido!

    ResponderExcluir
  3. Limerique

    Poeta de renome fazia quadrinha
    Sua rimas diziam a que vinha
    Era uma doçura
    Rimas com costura
    Se bem não fazia mal não tinha.

    ResponderExcluir
  4. Um encanto este lugar
    repleto de doçura e inspiração.
    Palavras amigas, sentidas
    que a todos tocam no coração.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. LUGAR DOCE ..É ESSE

    ADORO ESSAS COLETÂNEAS QUE VAI SE FORMANDO UMA COISA RICA DE SE LER

    SABE QUE AQUI É ACREDITO EU UM DOS LUGARES DAQUI DESSE MEIO VIRTUAL MAIS GENEROSO QUE CONHEÇO E NÃO CANSO DE REPETIR

    E O MELHOR

    TUDO SAI DA ALMA . DO CORAÇÃO E SEI QUE É VERDADEIRO SEM MAQUIAGENS E REAJUSTES .

    TUDO PERFEITO

    ADORO VIR LER AQUI

    ABRAÇOS AMIGO

    OTILIA

    ResponderExcluir
  6. Amigo Rodolfo..

    Aqui é sempre dia de boa poesia...de bons textos ...
    Suas trivas sõ de um encantamento impár!

    Um beijo e o desejo de uma semana de paz a vc!!!

    ResponderExcluir
  7. Com licencinha poética, Milene e Rodolfo Barcellos:

    Feito as estrelas no céu
    São tuas trovas tão lindas!
    -Da língua do "Menestrel"
    Emana ternura infinda!


    *****Eita que coisa boa é poetar, meus queridos! Vcs são cinco estrelas!!!!!

    Parabéns aos dois: à Mi (cuja inspiração me veio num repente...um 'gancho' a que não resisti...rs) e a você, Rodolfo, sempre, sempre, sempre!!!)

    A propósito, vim até aqui para comunicar a V.Sª que algo o espera lá no Botões Scraps, e tb no Face, OK? aguardo sua presença!

    Um abração pra vc, meu querido!!!

    ResponderExcluir
  8. BELO ALVORECER MEU MARACUJÁ DE GAVETA!
    Sempre me gratifica te ler...

    "Enquanto o mundo não decide o dia,
    Aqui no Sete Ramos se decreta
    Que toda noite é noite de Poesia,
    E todo dia é dia do Poeta!"

    Muito livre seu poetar...
    bjssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Passear por este mundinho encantado
    tras sorrisos aos meus lábios!

    Beijos meu Poeta querido!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Trovador!

    Que bom que todos os dias são dias do poeta... sorte de quem lê!

    Um beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  11. Dia de alegria, dia de glória, dia de vivenciar cada minuto e guardá-lo como um precioso tesouro.
    Deus com seu infinito poder está em toda parte,
    ao meu redor dentro de você e dentro de mim..
    Hoje estou duplante feliz meu liro mal
    acabou de nascer.
    E as 18.48 horas e quarenta e oito minutos
    inicio dessa noite nasceu minha bisnetina(LARA)
    Venho compartilhar contigo minha felicidade.
    O nascimento do meu livro foi muito emocionate,
    mais o nascimento da minha bisneta isso
    não da para descrever.
    Deus abençoe sua semana.
    Carinhosamente.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  12. Aqui é Dia e noite de trovas...Poetas, poetisas e musas...dou só um nome: amor!
    Beijuuss, Bruxo trovador, n.a.

    ResponderExcluir
  13. Sempre que aqui venho me sinto mergulhando no dia,na tarde e na noite da Poesia.Teus poemas,tuas trovas me encantam e fascinam.

    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  14. Tenho sempre que aplaudir! As que ainda não havia lido, vou conhecendo aqui. Suas trovas abrilhantam os espaços que visita. E viva o poeta! Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Trovinhas proverbiais...
    Salpicos de criatividade do poeta descontraído!
    Abraços, Barcellos!

    ResponderExcluir
  16. OI R. R. BARCELOS!
    GRATA POE TERES IDO NO "SÓ PRA DIZER...", ME LEVAR A ALEGRIA DE TEU ABRAÇO PELO 1° ANINHO DELE, QUE É "NOSSO".
    AQUI, SEMPRE É FESTA, COM ESTAS INTERAÇÕES SEMPRE DA MELHOR QUALIDADE.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Lindas trovas.Muito gostoso de ler.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Gostei de todas: a da Mila tá gostosa, mas a última é minha preferida*
    Beijo/Mery*

    ResponderExcluir
  19. Aqui, em tua casa, é sempre lar onde a poesia mora. Aqui, nesta lar que nos aconchega com palavras sentimo-nos bem...

    Adorei todas!
    beijinhos

    ResponderExcluir