quarta-feira, 30 de junho de 2010

Crônicas Africanas

- E Portugal navega de volta... Tordesilhas não lhe valeu, e a doce música do fado foi silenciada pelas castanholas de aquém-Pirineus. Mas sua esquadra de belas caravelas caiu com dignidade, senão com brilho, e os destinos da Península estarão bem representados pelo país irmão.

- E os Cavaleiros da Távola Redonda também retornam... Não mais prosseguirão na busca pelo Graal, que lhes foi recusada pelos Cavaleiros Teutônicos. Talvez os bretões tivessem melhor sorte, se não tivessem como capitão de suas forças um centurião romano.

- Falando em Roma e na Gália, quem esperava um confronto épico entre as legiões de César e as hostes de Vercingetórix terá de contentar-se com a leitura amena de gibis (como "Asterix, o gaulês"). Os dois famosíssimos exércitos entraram pela porta dos fundos, e pela mesma porta saíram, envergonhados.

- Os guerreiros guaranis fizeram bonito... após um recontro indefinido, sua última linha de lanceiros derrotou os valentes Samurais do Sol Nascente, ao som de "India", calando os gritos de "Banzai"...

- A América do Sul vai bem, obrigado - pelo menos por enquanto. Os cisplatinos da Celeste Olímpica deixaram meia Coréia no acostamento. Os transplatinos alvicelestes fizeram festa nos salões de Montezuma, com direito a um tango bem marcado. A única perda do continente aconteceu noutro confronto de irmãos... e os canarinhos tupiniquins voaram mais alto que os condores andinos.

- A América do Norte vai mal, obrigado... além dos sombreros cabisbaixos ao sul do Río Grande, alguns narizes vermelhos ao norte nos lembram a histórica vitória dos humildes africanos de Gana sobre a maior potência do planeta, ao som de vuvuzelas e tambores tribais.

- E na velha Europa, um dos povos mais antigos sobrepujou uma jovem nação, ainda em sua primeira infância. Será o retorno da "Laranja Mecânica"?

- O futuro dirá. Mas como seria bom se, como disse o Jair, todas as disputas entre países pudessem ser resolvidas dentro das quatro linhas...

3 comentários:

  1. Por todos esses resultados a Copa de 2010 se prenuncia como a Copa dos Latinos, desde que os últimos redutos europeus caiam. Se as laranjas caírem de maduras e os nibelungos não resistirem às boleadeiras dos homens dos pampas, estaremos bem.

    ResponderExcluir
  2. Eu torço mesmo para acontecer o que o Jair está cogitando. Esta copa pode virar Copa América fora de época!
    Só espero que consigamos espremer essas laranjinhas azedas que encontramos às vezes e que nos dão tanto trabalho nas copas!
    Não sei como um país de dimensões tão pequenas pode produzir tantos bons jogadores de futebol!

    ResponderExcluir
  3. muito legal este texto!! parabéns

    ResponderExcluir