quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Anjos e Demônios



     Ontem eu vi a face do Demônio. Ontem, ele deixou-se filmar, orgulhoso de sua vitória, e tripudiou sobre minha fé.
     Vi quando ele cegou os olhos e as mentes de dezoito seres humanos, escravizando-os à sua maldade e obrigando-os a torturarem quase até à morte, ou abandonar ao sofrimento, uma criança de dois anos - um pequeno anjo indefeso. E ele ria...
     Ah, pequena Yue... estavam distraídos teus pais? Talvez. Mas, por certo, Deus estava desatento. E quando chegares lá, Ele, com lágrimas nos olhos, te pedirá perdão. E tu, anjo, tu O perdoarás, e Ele te dará um lugar de honra, à Sua mão direita, onde estarás feliz pela eternidade, na companhia de tantos outros anjos torturados e mortos pelo mesmo Demônio na vida anterior. E lá, Yue, lá estarás segura, pois lá não alcança o poder maligno desse Demônio chamado Indiferença.


     Nota: a Milene chamou minha atenção para esse fato revoltante, e pediu-me que fizesse "um poema para a menininha". Mas não consegui. Tudo o que pude fazer foi expressar minha tristeza por fazer parte desta humanidade amaldiçoada.
     Hesitei muito em inserir aqui este vídeo chocante. Não sei como isto poderá contribuir para acordarmos de nossa indiferença. Sim, pois a presa do Demônio não foi aquele anjo: foram dezoito seres ditos humanos. E nós também não somos vítimas, tantas vezes, deste mesmo Demônio?



22 comentários:

  1. Posso dizer uma coisa?Posso mesmo?
    A sério?
    Não zanga?
    Não ralha?
    Você é um Amor!
    Um doce de pessoa!
    Beijo.
    isa

    ResponderExcluir
  2. R.R.Barcellos,

    O texto parecia ficção, e das boas, mas tua Nota me deixou sem saber o que escrever, talvez devesse mesmo usar a máxima do Edgar A. Poe, "meus contos são assustadores? A realidade é Pior do que qualquer Ficção".
    Que o Divino olhe e oremos.
    A.

    ResponderExcluir
  3. Ontem berrei por você no MSN pra falar sobre isso, que adiaria essa postagem por causa do aniversário de Loisane, mas você não me escutou... Buaaaaaaaaaaaaa!

    Eu tinha escrito assim para apresentar o seu texto belíssimo, ainda que triste:

    "Por Rodolfo Barcellos – acerca do atropelamento da menina chinesa Yue... “Faz um poema pra ela, Rodolfo” – falei. Ele me respondeu que não conseguiria, tamanha foi a absurdez do fato, mas me deu esse incontido pedido de perdão àquela menina, como se todos nós tivéssemos a atropelado um pouquinho... De que são feito os humanos?" (Não sei colocar em negrito).

    Obrigada por ter me atendido, mais uma vez, moço generoso.

    Beijos cheios de admiração e amizade.

    ResponderExcluir
  4. Oi amigo, to de volta...hehehehe! Consegui encontrar nesses bares da vida, sentada num cantinho, palida e triste, a minha inspiração.
    Tomava um martine, e fumava um cigarro, nos olhos uma tristeza indolente lhe deixava a face vazia. Um barzinho mais ou menos, onde o cantor alcoolizado de olhos vermelhos cantava, Não se váaaaaa!. Quando ela me viu, do canto dos seus labios vi surgir um quase sorriso sabe? Daqueles que querem ,mais não querem sorrir?...Tirei ela dali, pelas mãos, a levei pra ver o mar, pra voar, pra sentir o gosto doce de um beijo e o sabor ardente dos desejos.
    Aquela mulher que antes parecia farrapos voltou a se iluminar, jogou o copo fora, apagou o cigarro e voltou pra mim. Estamos nós duas lá no Meu Aconchego.
    Te espero, por lá tá?
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  5. Voltei para dizer que ainda não tive coragem de abrir esse vídeo.

    E também da maravilha desse seu "sub-banner". Lindíssimo!

    Outros beijos.

    ResponderExcluir
  6. Fiquei um tempão com a janela do comentário aberto, mas não consigo dizer NADA.
    "Apenas a indignação"... sorry!

    ResponderExcluir
  7. Deus nosso! Estou em choque. Não consigo deixar de sentir as dores dela e dos que a amavam. Entendi seu comentário, não há como falar de amor. Onde estava ele naquele momento?
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Nossa que horror, que tristeza! Eu nem tenho palavras para descrever a dor que senti...
    Eu só me pergunto porque? Porque tanta frieza? Você deve estar certo Barcelos, só tem mesmo uma resposta para tudo isto.
    Seu texto me emocionou demais! Maravilhoso o seu modo de escrever.
    Um grande abraço.

    PS: Hoje que pude ver as músicas ali do lado, não tenho visitado os amigos porque estou muito gripada e não tenho muito ânimo. A gripe melhora e depois volta com força total. Sou alérgica e quando chega o outono é assim rsrsrs Fiquei contente de saber que fui de grande ajuda, Adorei a sua escolha rsrs

    ResponderExcluir
  9. Para não expressar sentimentos maus, prefiro não comentar...

    ResponderExcluir
  10. ... Ná há poesia na morte, só uma total desolação.

    O anjo voltou pro céu!
    (...)
    não dá mais pra falar...)=

    ResponderExcluir
  11. ESTOU PERPLEXA.ESTOU COMO O XIPAN ..FAZ UNS 5 MINUTOS AQUI PARADA ...TENTANDO ENXERGAR ..DIANTE DA TELA DESSE PC ENTRE AS LADRIMAS, ..COMPLETAMENTE PERDIDA ...NÃO TENHO O QUE DIZER OU TENHO MUITO,NÃO SEI O QUE PENSAR..AINDA ESSES DIAS ATRAS ANTES DE MUDAR PRA CA FIQUEI MINHA HORA DO ALMOÇO SOCORRENDO UM CACHORRO ATROPELADO NA CIDADE EM QUE EU MORAVA .AGORA ME VEJO DIANTE DE UMA CENA GROTESCA DESSAS?? ERA UMA CRIANÇA?? ENLOUQUECI??ERA MESMO UMA CRIANÇA ATROPELADA DUAS VEZES??? TRES NEM CONSEGUI VER DE DESESPERO
    MEU DEUS ..POR ISSO AS VEZES FICO INCREDULA COM CERTAS DIVINDADES, ONDE ESTAVAM OS ANJOS DESSA MENINA?? AS VEZES ME REVOLTA DEUS, DAVA PRA TIRAR ESSA GAROTA DALI ?? DO MEIO DAQUELAS BESTAS?? RODOLFO ESTOU SINCERAMENTE ENOJADA ...ASSUSTADA COM ESSA CENA;;E COMPLETAMENTE MAIS UMA VEZ DESACREDITADA DE QUE ESSA HUMANIDADE TEM JEITO ...O UNICO JEITO E DE FATO O FINAL..ESSE QUE MUITOS ACREDITAM QUE VAI TER
    E VOCE TINHA SIM QUE MOSTRAR .PARA QUE POSSAMOS LUTAR POR DIAS MELHORES SE É QUE AINDA DA TEMPO
    BEIJOS

    ):

    OTILIA LINS

    ResponderExcluir
  12. R Barcellos

    Estou conhecendo o seu blog hoje. Esta página é chocante. Mas todos nós devemos saber para que possamos gritar ao mundo o quanto abominamos.Será que esse anjo não foi mais um entre mil para a conscientização de que precisamos mudar e lutar contra a violência que nos assola?

    Um abraço

    ResponderExcluir
  13. Rodolfo..Li seu texto..


    Estou muito triste...desta vez nem vou comentar.
    Me faltam palavras..me sobram lágrimas..

    ResponderExcluir
  14. De doer o coração. O meu está sangrando amigo!!

    ResponderExcluir
  15. "Se a criança morresse, uma compensação de 10 ou 20 mil yuans (entre 1000 e 2200 euros) seria suficiente, mas em caso de hospitalização as despesas médicas seriam 100 mil yuans (cerca de 11400 euros)", acrescentou aquele condutor, remetendo para a carência de um sistema de saúde na China.

    Ler Artigo Completo (Pág.1/2)
    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=2068443

    ********

    Precisei ver mais sobre essa aberração humana, e acabei lendo isso, amigo. Se entendi bem, um dos atropeladores forçou a morte da criança devido a dinheiro que envolveria sua hospitalização???!!!

    É preciso fazer ADORMECER essa casta da humanidade, e logo, para ontem, Deus!!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Texto verdadeiro e demônio quer dizer: o que desune, divide, separa... Perfeita colocação...
    A indiferença é o pior deles todos...
    Seja abençoado e feliz!!!
    Abraços fraternos de paz

    ResponderExcluir
  17. Bom dia!!
    Sabe amigo querido,
    Um dia verás que o tempo me dará razão e sua tristeza também será apenas um pedaço imenso de alegria no seu coração.
    Também te gosto!!!

    ResponderExcluir
  18. Nossa !
    Desta vez vc me pegou...não tenho nem palavras para comentar...
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. voltei para levantar minhas palavras que não sou de calar...
    Vi coisas interessantes lá em cima ,alguns livros e até meu nome,kkkkkkkkkk
    Bjs meu querido!

    ResponderExcluir
  20. Amigos, agradeço os comentários. Foi-me difícil alinhavar as palavras desse texto sob o efeito da indignação.
    Eu sei - todos nós sabemos - que fatos tão ou mais chocantes ocorrem diuturnamente, muitas vezes bem próximos de nós; mas o testemunho da visão fica gravado muito mais profundamente em nossa alma, e desperta-nos a indignação que não deveria adormecer nunca. Por isto, fatos como esse devem ser malhados enquanto quentes - e foi por isso, Milene, que eu não pude esperar mais para publicar este "post", que de alguma maneira é também obra sua. Desculpe.
    Obrigado, amigos. Abraços a todos.

    ResponderExcluir