quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Guardião Cativo



Naquelas noites calmas de céu cintilante,
Decerto tu não sabes, mas quando adormeces
Serenamente, logo após as tuas preces,
Um leve vulto se aproxima, hesitante.

Qual anjo protetor, atento e vigilante,
Ao pé de ti, quieto, depõe suas benesses,
Os novos sonhos que ainda não conheces,
Para alimento de teu sono confiante.

Esse anjo mudo, amada minha, é meu zelo
Afugentando qualquer triste pesadelo
Que te perturbe a alma enquanto estás dormindo;

Que junto a ti tresnoita, neste forte anelo
De atender de pronto a qualquer teu apelo
Só por ganhar-te este sorriso doce e lindo!

Niterói, janeiro de 2012
Rodolfo Barcellos

18 comentários:

  1. Olá Rodolfo!!

    Que lindo este soneto apaixonado!!
    Quem ama cuida, quem ama zela!!

    Um beijo...

    ResponderExcluir
  2. De dentro de ti explode devaneios que em palavras e rimas se tornam poemas... Porra, que legal isso!!! rss

    Abraços
    Tatto/Xipan

    ResponderExcluir
  3. Barcellos,
    Na verdade o amor pode ser cantado ou "versado" de qualquer maneira, tudo é válido, mas em forma de soneto, é elevá-lo acima dos cumes mais alto da inspiração. Parabéns pela bela obra, JAIR.

    ResponderExcluir
  4. Meu querido que anjo encantador rs!!

    ResponderExcluir
  5. Não há musa mais linda.
    Não há amor mais belo.

    Sorte de vocês, terem um ao outro.
    Beijos, Bia!
    Beijos, poeta.

    ResponderExcluir
  6. Você, encantado, encantador, me encanta.

    ResponderExcluir
  7. Queria ser o anjo banhar o corpo do amado de ternura e deleitar-me ao
    ve-lo apenas dormir.
    Você me ensina a ser mais feliz, você me ensina a crer, você sempre ganha seu sorriso mais sincero!

    bjo!

    ResponderExcluir
  8. Anjo lindo esse!
    Beijuuss, Bruxo poeta, n.a.

    ResponderExcluir
  9. Um soneto arrepiantemente belo, Rodolfo. Tou aqui babando... Bom fds, bjs.

    ResponderExcluir
  10. Tive que mudar a url do divã. Conto com a compreensão e o carinho de todos vocês além da tal paciência, para que eu possa fazer todas as atualizações e lincá-los novamente.Não me abandonem e por favor atualizem meu novo endereço e me ajudem a avisar os amigos! Agora o endereço é www.divadaregina.blogspot.com Amo vocês de viverrr!!!
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  11. RR, enfim consegui abrir a porta rsrs...

    O soneto pede releituras, quantas vezes eu puder, e sabes que leio em voz alta para sentir a alma dos versos.

    Reli com fundo musical de Dean Martin, vindo lá do Escritos...

    Agora é minha vez de dizer: Um de teus sonetos mais lindos, senão o melhor de todos!

    bj

    ResponderExcluir
  12. Venho aqui para convidar vc para participar do 1ª forum de confraternização entre blogueiros do dia 28/01 à 05/02. A sua participação restringe-se em conversar no mural de bate papo que encontra-se abaixo dos selos (awards), sem haver disputa de forma alguma. O objetivo é fazer debates, conversar, fazer novos amigos, rever amigos antigos, divulgar e promover nossos trabalhos. Tem um selo de participação em meu site, mas não obrigo ninguem a usar, porem você e seu blog ja estão automaticamente escritos. Convide seus amnigos a participar, bastando apenas este amigo fazer uma solicitação, junto ao mural. Caso este amigo não possuir um banner crio um para ele. Faça valer essa ideia. Participe. Um abraço Dado

    ResponderExcluir
  13. Encantador o seu zelo e as suas palavras. Um previlegio poder ler você.

    Beijos, amigo
    cvb

    ResponderExcluir
  14. Que doçura de afeto! Ronda encantado, pela noite a dentro, protegendo em silêncio.
    Muito belo!!!!!!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. RR, eu tive que voltar sabe? É ue eu fiquei sabendo pela Mi ue essa moça linda aí da foto é tua filha, e dve estar muito orgulhosa de ter um pai assim como tu: AMIGO, GENTIL, PRESENTE E QUE ZELA (AINDA) dessa maneira tão bela. E ainda por cima, é poeta... ai ai...

    beijo meu amigo do coração!
    bom domingo

    ;D

    ResponderExcluir
  16. Boa noite meu maracujá de gaveta!
    Amigo querido e cheio de adjetivos...e quando resolve poetar fica assim com porte de escritor,kkkkkkkkkkkkkk
    Amo tua forma tão peculiar de escrever...
    bjsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  17. Realmente: nada como um sorriso verdadeiro!!

    []s

    ResponderExcluir
  18. Sempre tenho que voltar, pois atendo um pedido do coração. Obrigada!!!!!

    Bjs.

    ResponderExcluir