sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Sou profunda gratidão!


Vou fazer uso das "chaves" que tenho - licença, Mago? - e ocupar, honrada e emocionada, um cantinho deste espaço cheio de magia. Não consegui pensar em uma forma de melhor agradecer meu presente precioso!

A entrega foi emocionante - pra quem entregou, pra quem recebeu e para quem acompanhou...

O presente veio embrulhado com a expectativa de um menino, ansioso pra conhecer o meu agrado - como se fosse possível acontecer qualquer coisa em contrário!!
Tinha ao redor da embalagem carinhosa, uma fita invisível - ela enfeita lindamente o conteúdo, e no seu laço ela encerra o sentimento mais bonito, mais inexplicável, mas versejado com tanto amor, que em cada suspirar de quem ler, vai brotar a compreensão mais íntima - do que seja a pureza de uma amizade, daquilo que possa traduzir o olhar de um Poeta, tornando o imperfeito em perfeição, e se houvessem palavras que me socorressem, faria uso pra lhes contar minha emoção...

Se chorei? Não! Até as lágrimas se intimidaram diante de tamanha beleza, e por escolha inconsciente, preferi lhe brindar com meu melhor sorriso e um abraço tão terno, que pudesse lhe retribuir tamanha dedicação! Já reli tantas vezes, me vendo morar dentro de tantas lindas expressões...me pego pensando como ele me conhece, como decifra o que ninguém vê...e voei, feliz, feito borboleta, por entre os versos que amei! Me encantei diante deles todos, feitos com amor para a mulher Poesia, como ele insiste em me chamar - um batismo de coração de Poeta, bem sei, não sei é como agradecer!

A recepção calorosa e encantadora de seu irmão Sérgio abriu espaço para que, na sala, se acomodasse a amizade, sorvendo geladas (e goles destilados...rs), matando saudade, revelando enredos da vida, contando casos, soltando a emoção. E a cantoria tão gostosa foi a deliciosa maneira de passar algumas horas em companhia deste meu amado Rodolfo, conhecendo sua filha Bia, apresentando-lhes a "minha" Bia, amiga de todas as horas - estreitando ainda mais os laços deste afeto, que nem preciso lhes dizer,  é o maior de todos os presentes que eu poderia ter!

Obrigada Sérgio e Sandra, pela acolhida em sua casa, obrigada aos amigos que estiveram por aqui, dividindo comigo a emoção que sinto ter sido provocada em cada um de vocês, também.

Fica esta imagem que foi bem capturada, que fala mais do que eu tentei lhes dizer.




                      OBRIGADA, Rodolfo, OBRIGADA, OBRIGADA, OBRIGADA!!!

* Acho que agora, fui eu que "te peguei"...rsrsrs

20 comentários:

  1. Ai que lindos! E como soube Dê, traduzir a emoção desse reencontro. Já antecipando...feliz natal irmigamada!!!
    Beijuuss procês, amaaados meus eternidade
    P.S: te amo Bruxo...sem aspas, colchete, parêntese... incondicionalmente.
    P.S: tenho tentado, educadamente e outras tantas vezes nem um pouco, pedir que ela - solidão - vá embora...mas a danada arrumou assento cativo na deprê. Mas ainda me resta um cadim de matiz verde.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por mais este intercâmbio de amizade que começou na blogsfera!
    A rede também tem muita coisa boa, para quem sabe onde buscar!
    Abraços a vocês!

    ResponderExcluir
  3. Oh, beleza.
    Digo e repito: acho que esse garoto foi contaminado, por você, com o bichinho viajador. Que bacana!

    Só não é tão bacana porque eu não estava saracoteando com vocês no frio de Curitiba... Pra mim seria tipo Polo Norte.

    Fico feliz porque a amizade teve a oportunidade de se dizer abraço outra vez. Outras tantas surgirão.

    Beijos, Denise quase aniversariante. Rodolfo, sujeito mais carinhoso não há... Beijos e montão de abraços, meus benhês!

    ResponderExcluir
  4. Minha querida Poesia, não sei mesmo como externar minha gratidão por tê-la conhecido. É um sentimento que tranborda d'alma e se espalha no espaço e no tempo da vida...
    Que a festa de amanhã ilumine seu existir com a alegria dos parentes e amigos, os sorrisos dos netos e os versos dos poetas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Que lindos, mesmo!
    A amizade de vocês já mudou de nome, sobrenome, codinome, e nem encontra mais espaço aqui nesta terra para defini-la!!!
    Encontro de almas irmãs...Deus é o responsável por essa união.
    Parabéns a você, Denise, pelo niver!
    Já estou indo lá, te dar o abraço que mereces!
    Um beijo, Rodolfo!

    ResponderExcluir
  6. Denise, que lindas palavras e homenagem. É muito bom nos sentirmos queridos, não é? Um abraço aos dois!

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo sentir o carinho e a ternura de uma amizade tão linda, transbordando em palavras e poemas...pura emoção, puro sentimento. Parabéns à Denise...aplausos ao Mago.

    E bjsssssss para ambos,
    Leninha

    ResponderExcluir
  8. Meus sinceros parabéns e um grande abraço para POESIA e POETA.Beijus.... SU.

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pelas palavras na entrevista da Fiandeira!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Poder dar é uma dádiva que só quem dá com o coração sabe reconhecer. Receber é recompensa que preenche a alma de elevadas sensações. Aqui temos os dois lados se unindo num único sentimento de amor puro e verdadeiro. Dar é amor. Receber é ser merecedor. Ela certamente fez por merecer um belíssimo poema; ele, fez por merecer um belíssimo reconhecimento. E como vemos, no dar, no doar e no receber e agradecer abriga toda a essência que faz a vida valer a pena: a comunhão total.
    Gostei de poder ser testemunha desse evento maravilhoso. Abraços e boa semana! Daniel.

    ResponderExcluir
  11. Um recanto que transborda amizade ternurenta que não deixa indiferente
    mesmo a um caminhante que vem agradecer os gentis parabéns deixados na Leninha.
    Obrigada R. Bacellos
    Fraterno abraço

    ResponderExcluir
  12. Olá amigos!

    Estou feliz no lugar de voces! Emocionante!

    Beijos e otima semana a todos.

    ResponderExcluir
  13. Como é bom entrar em um cantinho e encontrar manifestações assim! Fica evidente o afeto recíproco e a alegria de um encontro. Muito belo! Bjs.

    ResponderExcluir
  14. entrei e gostei por isso deixo o meu vento


    Queria ser
    O que queria ser?
    Queria ser vento...
    Para ser livre...
    Para te tocar
    E te abraçar

    E de mansinho
    Chegar-me a ti
    E sussurrar-te
    Como gosto de ti...

    E devagar
    Devagarinho
    Ia-te acariciando
    E tu ias notando
    Que eu estava aí...

    E o vento
    Ia crescendo
    E mesmo com força
    Gostava de o ser...
    Para que visses
    A força que tenho...

    Força do vento
    Vento tufão
    E queria...
    Poder ter-te...
    Sempre na minha mão.

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  15. Quanta emoção amigo!
    "Até as lágrimas se intimidaram...*
    Parabéns! Tu és um amigo muito querido "por todos. Amei ler essa tua "Profunda Gratidão"
    Que Deus os abençoe*
    beijinhos

    ResponderExcluir
  16. A amizade quando é pura é maravilhosa basta olhar para essa foto que tem o brilho da ternura. Adorei sua postagem. Um abraço com carinho

    ResponderExcluir
  17. ★ღ.•*”ƸӜƷ”*•.•.ღ.
    Querido amigo só de ver essa foto
    ela já diz tudo
    Amizade é um sonho bom de ser vivido
    Deixo um abraço com carinho
    Bjuss
    Rita
    ★ღ.•*”ƸӜƷ”*•.•.ღ.

    ResponderExcluir
  18. OI RODOLFO!
    ACHO QUE A DENISE TE PEGOU SIM, POIS AGORA TU É QUEM DEVES TER TE EMOCIONADO NÉ?
    AMIZADE VERDADEIRA, É O SENTIMENTO MAIS ABENÇOADO POR DEUS, POIS É SEM EXIGÊNCIAS, A NÃO SER A DA RECIPROCIDADE...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  19. visite este blog
    pretende visitar e se reunir com o seu
    Blog é muito bom
    Aqui eu só quero visitar um colega blogueiro e World familiarizado
    para participar na aprendizagem e leitura de mensagens
    boa tarde
    obrigado

    ResponderExcluir
  20. Bom dia meu maracujá de gaveta !!!!
    Lindamente vc nos apresenta o poeta e a poesia...
    a amizade e o amor...um grande brinde vindo da alma desse
    amigo acolhedor...postagem cheia de emoção ...
    Abçs aos dois!Que essa amizade perpetue sempre !!!!!!
    bjs

    ResponderExcluir